Não se entregue

Na ansiedade de encontrar uma alternativa para os problemas, nos conformamos com soluções capengas. É como colocar um band-aid sobre uma ferida, ele disfarça, mas não cura. O corte ainda está lá, vibrando e nos fazendo lembrar, uma vez ou outra, que ainda não chegamos na plenitude que gostaríamos.

É doloroso puxar uma das abas e espiar o corte? Ainda está sensível, mas você insiste em revisitar a dor. Não, que não seja importante reconhecer o seu passado, e os desassossegos que você carrega. Mas, sempre trazê-los marcados sobre a pele, é se acorrentar ao martírio, e se render ao sofrimento.

Deixe a ferida arder, mas permita que ela se cure. Não revisite a dor como se fosse necessário viver a base de trancos. Um pouco da crua realidade não machuca, mas rodear-se de espinhos só te deixa mais suscetível aos tormentos. Não é possível apagar o passado, mas admitir que ele existe solidificará a sua força, e te trará resiliência.

O labirinto que você se encontra parece ser extenso, repleto de armadilhas, que te fazem cair e abrir feridas que te fazem fatigar. Mas a saída está próxima. Continue lutando sem se privar do que te faz bem, e gradualmente você notará, mesmo que abruptamente, que já não foge sem rumo do minotauro, e que encontrou o fio de linho que te guiará para saída. E uma vez fora, não se permita retornar.


Receba meus textos no seu e-mail

Em alguns momentos nos esquecemos do que realmente importa. Através desta newsletter eu compartilho minhas reflexões, além das novidades sobre meus livros. Ahh! Toda semana um leitor é sorteado e recebe um texto especial. Cadastre seu e-mail para receber também.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s